BANNER INALDO DANTAS SITE

Veja alguns itens, que dizem respeito aos diversos segmentos e divisões da segurança pessoal e patrimonial nos condomínios

 

tema segurança é bastante vasto e complexo, pois envolve, praticamente, tudo o que diz respeito ao dia a dia do em seus mais diversos segmentos, principalmente às modalidades que versam sobre a proteção pessoal, familiar e patrimonial.

Ao Estado foi dada a missão de manter a ordem e a segurança pública, mas devido à situações adversas, que independem da atuação exclusiva dos governantes, tornou-se praticamente impossível realizar uma proteção efetiva de toda população. Fato este que faz com que cada cidadão busque a autodefesa.

Dando ênfase a este aspecto é que a população precisa estar consciente de que a verdadeira proteção inicia-se com a prevenção. Este é o melhor e mais seguro método para diminuir os riscos e evitar que futuros delitos sejam cometidos.

Com a evolução social e a crescente urbanização, os condomínios tornaram-se a melhor forma de se organizar e aproveitar os espaços para viver harmonicamente em comunidade, e as pessoas, no intuito de proteger, principalmente, sua família, têm optado por residirem em edifícios verticais ou em condomínios horizontais, a fim de alcançarem a tão almejada segurança e tranquilidade. Mesmo assim, a violência tem chegado a essas fortalezas.

A fim de melhorarmos essa opção de vida é que enfatizaremos sempre as medidas preventivas de segurança que devam ser utilizadas nos condomínios, para minimizar os riscos e efetivar a proteção condominial. Para que essa condição se concretize, deve-se aliar o binômio Homem - equipamento em prol da comunidade, sendo que com esta união racional possamos criar sistemas de segurança adequados a cada situação ou problema.

Para tanto é necessário que haja informações exatas e concretas para que síndicos, administradores, moradores e funcionários possam proteger o patrimônio de maneira técnica e eficaz, racionalizando seus recursos. Portanto, citaremos a seguir alguns itens, que dizem respeito aos diversos segmentos e divisões da segurança pessoal e patrimonial nos condomínios:

Recursos Humanos:recrutamento, seleção, treinamento de funcionários e conscientização de moradores;

Comunicações:telefonia, interfonia e radiofonia;

Barreiras Físicas:muros, cercas, concertinas, alambrados, ofendículos, cancelas, portarias, portões duplos, guaritas blindadas, portas;

Segurança Física das Residências: janelas, vitrôs, venezianas, portas, áreas envidraçadas, vãos de ar-condicionado, sensores, visualização à distância;

Sistemas Eletrônicos: alarmes, Circuito Fechado de TV, monitoramentos, controles de acesso informatizados e eletrônicos, sensores e cercas eletrificadas;

Equipamentos de Prevenção e Contra Incêndios: extintores, hidrantes, iluminação de emergência, alarmes, escadas de segurança, detectores de fumaça, portas corta-fogo, para-raios;

Elevadores: manutenção e precauções;

Procedimentos de Segurança: normas específicas de portaria e segurança;

Medidas de Emergência: planos de contingência para situações de furtos, roubos, incêndios, falta de (água, luz, gás, telefone), inundações;

Saúde no Condomínio: higiene, limpeza e reciclagem de lixo;

Segurança das Edificações: estruturas, impermeabilização e manutenção.

Integrando todos os itens citados acima é que conseguiremos chegar a um grau de proteção muito maior, acrescido de um melhor convívio e benefício de toda comunidade dos condomínios.